20

July

Lendo Harry Potter pela primeira vez

Harry Potter IDomingo, 17 de julho. São 22h e faz frio lá fora – 7 graus marcando a temperatura -, e minha imaginação não poderia estar mais aguçada. Aos 21 anos, acabo de finalizar a leitura de Harry Potter e a Pedra Filosofal pela primeira vez. Sim, primeira vez. Nunca havia lido (ou entendido) o motivo pelo qual estes livros tem conquistado gerações e multidões ao redor do mundo. Mas hoje, neste fim de dia e início de semana, finalmente sou capaz de entender o porquê.

Eu sei que provavelmente você já conhece o incrível mundo criado por J. K. Rowling, mas, deixe-me resumi-lo para que possamos prosseguir. Uma história de fantasia acerca de um bruxinho chamado Harry Potter invade as páginas de uma obra que encanta. Só de olhar para a capa e colocar minhas mãos sobre o livro, já pude sentir que algo nele me surpreenderia – contudo, não imaginava que em proporções tão tremendas.

Harry é criado pelos tios – um casal rabugento que possui um filho extremamente desagradável chamado Duda -, por ser órfão de pai e mãe. O menino não possui lembranças da família e vive tendo de suportar a indiferença dos Dursley (seus tios), que, por um motivo que ele desconhece, não se sentem agradados pela sua presença. Tudo o que sabe sobre os seus pais é que estes morreram em um acidente de carro – o que, até então, era o que havia originado a cicatriz em forma de raio que Harry possui na testa. Certo dia, o menino recebe uma carta endereçada à ele mesmo. Esta era a primeira vez que ele recebia uma carta e mal podia esperar para descobrir sobre o que se tratava. Mas, Harry foi barrado por seu tio, o sr. Dursley, que evitou a todo custo que Harry lesse o conteúdo da mesma. Entretanto, a insistência frenética e contínua de corujas tentando lhe entregar a correspondência – e, a interferência de um homem chamado Hagrid -, acabaram por mudar a sua vida para sempre. Afinal, Potter recebeu a tão sonhada carta de aceitação para Hogwarts. Aos poucos, ele descobre que é um bruxinho, que seus pais foram mortos por Voldemort – um bruxo embriagado pela sede de poder – e que, antes de partirem, estudaram magia na escola mais poderosa do mundo. Como se não bastasse, Harry é tido como uma lenda por todos que habitam o mundo que não o dos trouxas – afinal, ele foi o menino que sobreviveu perante o ataque de um ser que possui nada além de ganância e maldade dentro de si.

Harry Potter III[…] Eu não me surpreenderia se o dia de hoje ficasse conhecido no futuro como dia de Harry Potter. Vão escrever livros sobre Harry. Todas as crianças no nosso mundo vão conhecer o nome dele!

O resto, é história. Harry conhece e cria um laço de amizade incrível com dois de seus colegas em Hogwarts: Rony – um menino simples e bem humorado -, e Hermione – uma garota CDF que possui os livros como seus companheiros inseparáveis. Juntos, eles irão encarar uma série de surpresas e mistérios no decorrer de toda a obra. E é aí que a mágica da autora toma forma.

A escrita de J. K. Rowling faz não apenas com que você imagine o mundo criado por ela, mas acredite no mesmo. Não pude deixar de me sentir aliviada por ter feito a leitura deste clássico da literatura apenas agora, na fase adulta. Se eu o tivesse lido em meados dos meus 8 anos, estaria até hoje aguardando pela minha cartinha de Hogwarts. Acha um exagero? Leia Harry Potter. Eu garanto que sua ideia mudará no instante em que você finalizar a leitura.

Harry Potter IVHarry Potter é um livro que expõe a importância da amizade, bondade e coragem. Mas, acima de tudo, expõe a incrível força que a imaginação possui. Dumbledore – diretor de Hogwarts (e um dos personagens mais incríveis que eu já conheci) -, proferiu palavras que certamente marcaram a essência deste livro. Naturalmente está acontecendo dentro da sua cabeça, mas por que é que isto deveria significar que não é verdadeiro?. Não há nada vulgar ou superficial que possa fazer com que seus olhos se vejam revirados: tudo o que você lê te encanta e te surpreende de uma forma tão fluída e fácil que é impossível não se ver – nem que seja levemente – maravilhado. Seja lá qual for a idade que você tem, eu garanto que seu coração irá encontrar um espacinho para essa história de um menino que jamais deixou a benevolência de lado para superar as dificuldades ou enfrentar os obstáculos da vida.

Harry Potter IIÉ preciso muita audácia para enfrentarmos os nossos inimigos, mas igual audácia para defendermos os nossos amigos.

Se você é até então como eu era e apenas assistiu aos filmes quando mais jovem, não os leve ao pé da letra. Não há comparação cabível entre a obra e o longa. Apesar de a adaptação ser fiel na grande maioria dos fatos do livro, muitos detalhes e informações passam despercebidos. É lendo, folheando cada página, que você irá compreender a grandeza dessa obra que é considerada um clássico no cenário da nossa literatura mundial.

Mal posso esperar para dar continuidade a leitura desses livros. E eu confesso: meu coração já está apertado por não querer que toda essa magia chegue ao fim.





Comente pelo Facebook:

Ou comente por aqui:

2 Respostas para "Lendo Harry Potter pela primeira vez"

Mayara R. da Cruz
26, July 2016 às 12:43

Oi Jordana, tudo bem?

Sou a May e conheci seu blog hoje! Achei ele muito fofo e estou adorando as postagens. ^^
E fico muito feliz que esteja curtindo descobrir o maravilhoso mundo de Harry Potter, eu amo demais e já reli inúmeras vezes e espero que a cada livro se encante mais e mais. <3

Também tenho um blog literário, o May e os Vícios, visita lá, se um dia quiser fazer sorteio em conjunto me chama, vou adorar participar! hihi

Super beijo girl ;*
May – http://mayeosvicios.blogspot.com/

Responder


Jordana Rex Jordana Rex
August 11th, 2016 em 1:00 am
respondeu:

Oi querida! :) Tudo bem e contigo?!
Muito obrigada, viu?! Fico muito feliz em saber que você gostou do blog!
Eu estou completamente apaixonada por esse mundo mágico de Harry Potter e mal vejo a hora de dar continuidade a leitura dos livros. Tenho certeza que vou ficar cada vez mais encantada heheh!
Que ótimo que você também tem um blog!! Pode deixar que eu vou conferi-lo sim!
Um beijo grande pra você! ❤

Responder

Queridinhos da Estante • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPress • Ilustração por Juliana Rabelo • Desenvolvido por